gratidao-core_900_450

GRATIDÃO E ALTRUÍSMO

A gratidão é a mais saudável de todas as emoções humanas.” – Zig Ziglar, escritor e palestrante motivacional norte-americano

As culturas antigas sempre valorizaram a gratidão. Como já pudemos destacar em outras publicações, ALTRUÍSMO e GRATIDÃO caminham de mãos dadas. Nascemos altruístas e, preocupados com o outro, consolidamos nossa condição de animais sociais.

A GRATIDÃO E O CÉREBRO HUMANO.

Pesquisas feitas com voluntários mostraram que mecanismos neurais, responsáveis por sentimentos de gratidão, valorizam as escolhas socialmente mais corretas.

É como se tivéssemos “fulcrado”, em nosso comportamento, um jeito de ser mais disposto a ajudar o outro e desta forma ficamos mais prontos para agradecer quando a situação se inverte. Para os neurocientistas, estes sentimentos de gratidão são evocados no córtex temporal anterior direito.

Há, no entanto, aspectos mais interessantes, revelados pela Neurociência, que mostram por que alguns de nós são, naturalmente, mais agradecidos do que outros e, desta forma, mais preparados para externar sentimentos de gratidão.

A diferença é a neuroquímica e está no Sistema Nervoso Central!!! Pessoas que expressam melhor a gratidão e sentem os benefícios deste sentimento têm maior volume de massa cinzenta.

Não se desespere por não conhecer o volume de sua massa cinzenta e, assim, ficar sem entender seu nível de gratidão. O cérebro é um órgão bastante “plástico” e se ajusta anatômica e fisiologicamente, na proporção de seu uso, através de comportamentos e sentimentos.  Pratique a gratidão!!!

SAIBA MAIS ….participando do 1º CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOFELICIDADE.


Casal_no_banco_900_300

 

A Neurociência e a Gratidão
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial